Disciplinas

Envie para um amigoImprimir

Educação física

Todos para a quadra!

Conheça dois jogos cooperativos que podem ser realizados com os alunos nos últimos dias de aula

(Por Ana Paula Severiano)


Objetivos:

Avaliar os alunos ao final do ano letivo
Realizar atividades de cooperação, a fim de atenuar os conflitos
Promover a despedida da turma



Foto ilustrativa, tirada no Colégio Dom Bosco, em São Paulo


As aulas de Educação Física são importantes durante toda a vida escolar, mas no Ensino Fundamental I elas merecem atenção especial. Nessa fase, os alunos que receberam poucos estímulos ao movimento em casa têm a possibilidade de desenvolver sua coordenação motora, além de descobrir e superar os limites do corpo. Isso é essencial especialmente nas grandes cidades, em que os pequenos vivem em residências com espaço restrito e quase não andam a pé ou brincam na rua.

Para João Moutela, coordenador da área de Educação Física do Colégio Humboldt, em São Paulo, se a criança consegue resolver tarefas motoras, ela tem motivação para continuar em movimento. "Os benefícios são sociais, fisiológicos e psicológicos", afirma. Nilton Zumba, professor na E.E.Prof. José Benedito Gonçalves, em Salto, interior de São Paulo, também é um grande defensor das aulas de movimento nas séries iniciais, sobretudo das atividades que estimulam a cooperação. A seguir, ele propõe duas dinâmicas que trabalham esse conceito e que podem ser aplicadas nos últimos dias de aula. Confira!

Na internet!

O blog do professor Nilton Zumba é constantemente atualizado. Nesse espaço, ele sugere atividades recreativas para crianças de diferentes faixas etárias e publica artigos relacionados à Educação Física escolar. Vale a visita! http://niltonzumba.blogspot.com


Pula-pula canguru

Materiais:

2 cones
2 bolas

Como realizar

Divida os alunos em dois grupos. Eles podem discutir qual será o nome de sua equipe.
Peça para os grupos formarem duas filas paralelas e posicione os cones 10 metros à frente do primeiro aluno de cada uma das equipes. Os primeiros alunos de cada fileira ficam cada um com uma bola.
Ao sinal do professor, eles prendem a bola entre os joelhos e saem pulando.

Não é permitido ajudar com as mãos. Eles devem dar a volta no cone e retornar até sua equipe passando a bola para o segundo da fileira e assim sucessivamente, até que todos façam o percurso. Caso a bola escape dos joelhos, o aluno deve voltar ao lugar onde a bola caiu e continuar a atividade.
Vence quem realizar a trajetória no menor tempo.


Nó humano

Como realizar

Divida a classe em grupos de nove alunos.
Peça que os alunos do grupo fiquem em círculo. Eles devem dar as mãos uns aos outros, entrelaçando-as. Não pode dar as mãos para o colega que está ao lado nem dar as duas mãos para a mesma pessoa.
A tarefa é desfazer o nó humano sem soltar as mãos, formando um círculo



PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Receba sempre em primeira mão nossas novidades e conteúdo exclusivo.